A Sociedade    |    Palavra do Presidente    |    Oftalmologistas Sócios    |    Sociedades Filiadas    |    Leis e Normas    |    Glossário    |    Recomendações
SBO EM AÇÃO

Dia Mundial do Diabetes: diabéticos têm mais chance de perder a visão

O símbolo do Dia Mundial do Diabetes é o círculo azul, que simboliza união

 

O Dia Mundial do Diabetes, 14 de novembro, é uma oportunidade para refletir sobre essa doença que,de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), aumentou quatro vezes nos últimos 35 anos.No Brasil, 14 milhões de pessoas foram diagnosticadas com diabetes, segundo dados da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD).

Os tipos mais frequentes de diabetes são: o tipo I- Diabetes mellitus insulinodependente, que geralmente ocorre em crianças, jovens e adultos jovens e exige o uso da insulina para o seu controle, o tipo II- Diabetes mellitus não insulinodependente,  o mais frequente, aparece geralmente após os 40 anos de idade.

Segundo Ministério da Saúde,as mortes em decorrência do Diabetes tipo II, que atinge cerca de 12,5 milhões  das 14 milhões de pessoas diagnosticadas com a doença, aumentaram 12% nos últimos seis anos.

O maior grupo de risco do Diabetes II está entre aquelas que apresentam obesidade, sedentarismo, hereditariedade, consumo elevado de álcool, hipertensão, colesterol e triglicerídio alterado, e histórico de diabetes gestacional.

Cerca de 40% dos diabéticos sofrem alterações oftalmológicas

Cerca de 40% dos diabéticos sofrem de alterações oftalmológicas e a retinopatia é uma das principais ameaças à visão dessas pessoas, podendo levar à cegueira irreversível, alerta a Sociedade Brasileira de Oftalmologia.

Uma pesquisa desenvolvida pelo IDF (International Diabetes Federation) mostrou que quase um terço dos diabéticos desconhecem as doenças que podem surgir nos olhos, ou seja, 31% nunca receberam informação sobre retinopatia, uma das principais causa de perda da visão decorrente do diabetes, informa o presidente da Sociedade, Armando Crema.

-A retinopatia diabética ocorre por danos acumulados nos pequenos vasos sanguíneos da retina, afetando diretamente os olhos. Esse problema também pode causar a catarata e o glaucoma, informa aindao presidente da SBO.

 

Imagem do aspecto interno de um olho saudável e um com retinopatia diabética

 

-Para ajudar a prevenir a retinopatia diabética é importante: controlar o açúcar no sangue e a pressão sanguínea; parar de fumar (o fumo pode acelerar o desenvolvimento da retinopatia); seguir uma dieta adequada e fazer exames de visão regularmente.

Ainda, de acordo com o presidente da SBO, é importante a visita periódica a um médico oftalmologista a partir dos 40 anos não só porque é nessa idade que começam a aparecer os problemas de visão, como a presbiopia (vista cansada), mas também para a detecção precoce de patologias oculares.

- Muitas vezes os sintomas de diabetes estão camuflados, mas através de um exame oftalmológico completo, feito por um médico oftalmologista, é possível detectar o diabetes. E mais rápido sendo detectado,mais fácil será o controle da doença.

 Rua São Salvador, 107 - Laranjeiras - RJ - Cep: 22.231-170    Tel.: +55 (21) 3235-9220     E-mail: sbo@sboportal.org.br   E-mail Imprensa: midia@sboportal.org.br